sábado, 14 de fevereiro de 2009

Bom dia, 15 de fevereiro de 2009.





Tenho um coração


Tenho um coração que teima em amar,
Que acredita em tudo, me fazendo sonhar.

Tenho um coração que dói com a solidão,
Que mesmo sofrido, vive de emoções.

Tenho um coração que não deixa de bater,
Porque, como poeta, sabe que amar é se envolver.

Tenho um coração que às vezes se descontrola e briga, Mas que tem sentimentos puros e perdoa qualquer intriga.

Tenho um coração que fica entre a razão e a emoção,
E que sofre e chora quando tem que dizer algum "não".

Tenho um coração que acredita que o amor tem que ser somado, Porque não há nada melhor que amar e ser amado.

Tenho um coração que é valente e forte,
E que guarda fielmente um segredo até a morte.

Tenho um coração que não é melhor do que ninguém, Porque acima de nós só existe Deus e nada além.

Tenho um coração que sabe que tudo está escrito nas estrelas, E que às vezes traz alegrias, outras vezes... tristezas.

Tenho um coração com muitas promessas e planos,
Mas sabe que tudo acontece na hora certa e no decorrer dos anos.

Tenho um coração que cultiva a cumplicidade,
Porque é o que mais importa no amor e na amizade.

Tenho um coração que do passado guarda muitos momentos, E que lembra somente dos bons sentimentos.

Tenho um coração que sabe que amor e ódio são muito próximos, Mas que é muito mais lucro amar

do que alimentar o ódio.

Tenho um coração que curte a intensidade,
Porque quando ama, se entrega de verdade.

Tenho um coração que cultiva muitas ilusões,
Mesmo assim, acredita em loucas paixões.

Tenho um coração que sofre com a distância e a saudade, E acredita que para um grande amor não tem idade.

Tenho um coração pra lá de vivido,
Mas que cisma com alguém ser compartilhado e dividido.

Tenho um coração que não tem nada de perfeição,
Mas que procura tratar tudo com amor e compreensão.

Tenho um coração que para o amor tudo é capaz
E luta por um mundo de harmonia e paz.

Tenho um coração que sorri a cada amanhecer,
E quando anoitece, reza para agradecer.

Tenho um coração com muitas incertezas,
Mas que encara tudo com a mais pura delicadeza.

Tenho um coração que tem muito para aprender,
Mas que ao errar, não tem vergonha de se arrepender.

Tenho um coração que para tudo tem que ser recíproco, E por isso tem que ser correspondido.

Tenho um coração que precisa de um ombro para chorar, Mas que não se importa de dar o seu para alguém se consolar.

Tenho um coração que sonha com a felicidade,
E sabe que o amor e a amizade são para a eternidade.

Tenho um coração que quer se apaixonar,
Simplesmente para enlouquecer de tanto amar.

Tenho um coração que tem muito amor para dar,
Mas que precisa um alguém para encontrar.

Tenho um coração que quer deixar de lado a dor,
Que busca incansavelmente um verdadeiro amor.

Márcia Paiva



Sol Hoffmann